28.5 C
Pedreiras
domingo, abril 14, 2024

Socorro Araújo, a santa de casa que fez “milagre” numa comunidade que desconhece Benilde Nina

Em Pedreiras, Maranhão, o Requerimento n° 16/2021, de autoria do vereador Gard Furtado e aprovado por unanimidade na Câmara de Vereadores, está dando o que falar, tendo como plano de fundo o Projeto de Lei n° 012, de 18 de março de 2020, que trata da “mudança de denominação da Escola Municipal de Ensino Benilde Nina, para Escola Municipal de Ensino Socorro Araújo”. Na cidade o assuntou indignou a muitos, que viram na ação oportunismo por parte do autor e um apagamento de parte da história.

Esta reportagem exclusiva, retrata nossa ida à comunidade Alto de Areia, Pedreiras, a fim de ouvir sobre a trajetória da educadora Maria do Socorro Araújo e Silva, seu vínculo com o lugar e por quais razões a comunidade deseja colocar seu nome na única escola do povoado. Muito mais do que nos prender a uma polêmica, a reportagem dialoga sobre Pedreiras e seu trato com sua memória, a importância das duas educadoras para nossa história, o campo como espaço de decisão, querer e voz e a falta de políticas públicas voltadas à preservação da memória campesina e dos trabalhadores rurais do maranhão.

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
Joaquim Cantanhêde
Joaquim Cantanhêdehttp://www.opedreirense.com.br
Jornalista formado pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas