29.4 C
Pedreiras
domingo, abril 14, 2024

Resenha: “O Sol é para todos”, de Harper Lee

O livro de hoje, acredito eu, dispensa muita apresentação. Publicado em 1960, a obra “O Sol é para Todos”, tal como sua adaptação cinematográfica, vencedora do Oscar, são mundialmente conhecidas. Isso porque o foco principal da história se desenrola em torno de uma sociedade discriminatória, narrada pela perspectiva de uma criança.

Ambientado em 1930, a autora Harper Lee nos apresenta Scout, uma garotinha que vive em Maycomb, Sul dos Estados Unidos, junto ao seu irmão mais velho Jem, seu pai Atticus Finch, um respeitado advogado na região, e acompanhados de Calpúrnia, uma senhora que presta serviços domésticos a família. .
Nas primeiras páginas do livro acompanhamos a rotina de Scout e Jem, que se resume em ir à escola, e brincar pela região acompanhados de um amigo chamado Dill. A maior parte dessas brincadeiras envolvem Boo Radley, um rapaz que por diversos anos deixou de aparecer em público e permanece apenas dentro de sua casa.

Porém, essa rotina da família Finch se torna abalada quando Atticus resolve assumir um caso polêmico, a defesa de um negro acusado de estrupo. Vale ressaltar que nos anos em que se passam o enredo, a descriminação racial é algo que acontece explicitamente na região. Por decorrência disso, o preconceito também decai sobre eles, o que acaba dificultando sua relação com os demais moradores.

Por ser narrado por uma criança, acompanhamos com muita frequência a pureza e a inocência. Em diversas situações Scout questiona, afronta e discute, procurando sobretudo entender por que ocorre exclusões e injustiças dentro da sociedade. Ao meu ver, a autora mescla com maestria as relações de segregação racial sob o olhar da delicadeza infantil, tornando a escrita envolvente e ao mesmo tempo impactante.

Durante a minha primeira formação, sempre tive interesse em assuntos que trazem à tona questões de preconceito racial e as suas repercussões na sociedade. Em 2020, felizmente, estou conseguindo unir o meu prazer em ler com essas abordagens. Enfim, deixo aqui como recomendação desse livro fantástico, mais um que entrou para a lista dos favoritos. 

Por: @leituranasnuvens

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas