26.4 C
Pedreiras
segunda-feira, abril 15, 2024

Umbigo – Por Balbino Pachêco

Meu verso reflete
Um dos cernes da cultura brasileira
Um egoísmo predatório da realeza
Que relativiza realidades
E dá importância somente ao próprio Umbigo.

Se no ensino primário
Entendêssemos o que seria
Uma comunidade,
E que nosso bem estar
É intimamente ligado
Ao bem estar da nossa vizinhança,
Tudo seria bem diferente
Teríamos a tão sonhada bonança

Mas isso fica para as próximas gerações, Quem sabe, pois temos que reiniciar
Nossos sociáveis padrões.

Pode ser um reflexo
Do nosso urbanismo
Gerador de iniquidades e desordem,
Onde quem reclama é convocado
A se colocar “no seu lugar”,
No seu quadrado.

Ou seja, compactuar
Com este modelo estúpido
De sobrevalorização de espaços Combinada com a expansão
Precária de outros,
Pois só vivemos de embaraços.

Cidades que não são
Para as pessoas
Mas pra circularidade
Do capital financeiro e fundiário,
Isto é, prosperidade.

O mesmo que dita as normas
Urbanísticas e coopta o poder público Ávido por recursos.
Mas fica a pergunta no ar,
Por qual razão Michele
Recebeu 89 mil reais?

Balbino Pachêco

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas