28.5 C
Pedreiras
domingo, abril 14, 2024

Os herdeiros do boi

A vida pulsa nas comunidades, mesmo quando o Estado não se faz presente em plenitude. É no cotidiano que tradições populares encontram a vereda da resistência, diante de uma modernidade que não chega para todos e desigualdades que se perpetuam sobre uma maioria. Na rua do Garrancho, em Trizidela do Vale, Maranhão, é a meninada que protagoniza uma das mais belas cenas que registramos. Não esperam. Dão vida ao boizinho, fazem dos baldes tambores e como deuses, decretam sua morte, encharcado de vinho. Elas bebem o que simbolicamente é o sangue do boi.

Esta edição do “História, nossas histórias” traz recortes desse rito popular, que elas praticam em memória de seus mentores. Uma liturgia nascida do povo e que só no âmbito comunitário encontra sentido. Com vocês {Os herdeiros do boi}!

Assista:

O Pedreirense: colabore com o nosso trabalho via Pix (99) 982111633 – jornalismo que informa, notícias que importam.

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
Joaquim Cantanhêde
Joaquim Cantanhêdehttp://www.opedreirense.com.br
Jornalista formado pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas