26.4 C
Pedreiras
segunda-feira, abril 15, 2024

O silêncio golpista de Bolsonaro

OPINIÃO


Que Bolsonaro não é democrático, a maioria das pessoas já sabiam, no entanto, muitos acreditavam que ele seria capaz de reconhecer uma derrota, ledo engano. Bolsonaro é sempre o que foi, um sujeito que não tem apreço nenhum pela democracia, nem por seus valores mais imprescindíveis que é a liberdade e o direito de ir e vir.

Até o momento o atual presidente não reconheceu a vitória do Ex Presidente Luís Inácio Lula da Silva, que no dia 30 foi eleito pela terceira vez para governar o Brasil. Bolsonaro ao fazer isso estimula a sua militância mais radical para também não reconhecer o resultado das eleições.

Bolsonaro passou quatro anos questionando nosso sistema eleitoral, como também todas as instituições que foram contra seu arroubo autoritário como STF. Questionou as urnas; falou sem nenhuma prova que Aécio ganhou da Dilma em 2014; insistiu que ganhou no 1º turno na eleição contra Haddad em 2018; e mais de uma vez salientou que se não houvesse voto impresso a eleição não seria transparente e não aceitaria uma possível derrota. A derrota veio e o que acontece era o esperado por muitos.

Bolsonaro só não deu um golpe no Brasil, porque não tem apoio institucional suficiente para isso, mesmo aparelhando as instituições de Estado, o mesmo não tem força suficiente no exército, nem apoio externo pra isso. No entanto, ao que tudo indica, não se preparou para perder, nem entregar o cargo.

O aparelhamento da Policia Rodoviária Federal (PRF) com suas operações no domingo, dia da eleição, com muitas ações no reduto de votação de Lula, parece que na análise de Bolsonaro seria suficiente para desmobilizar eleitores do PT e garantir sua vitória, não foi.

Desde ontem caminhoneiros e outros manifestantes (golpistas) bolsonaristas interditam estradas, os mesmos que na época da pandemia, que carecia de isolamento, gritavam nas redes e em todos cantos desse país, que era necessário garantir a liberdade e o direito de ir e vir, hoje fazem o oposto, porque não aceitam a derrota de seu “mito”. Esse caso mostra que não existe apreço nem por liberdade, nem pelo direito de circulação das pessoas, eles só prezam a seus anti-valores de defender um sujeito autoritário.

O silêncio de Bolsonaro é criminoso e um aval para seus apoiadores continuarem com os tumultos nas estradas do país. É necessário que todas as instituições, que garantam a ordem e nossa democracia, ajam de imediato e com força necessária para acabar com essa tentativa de golpe no nosso país. Toda a culpa por qualquer perda, econômica, social, institucional e pessoal, será culpa de Bolsonaro, seus apoiadores e de todos aqueles que alimentaram a sanha fascista desse sujeito, durante quatro anos apoiando esse governo e sua reeleição, pois Bolsonaro durante todo seu mandato deu indicação de que não aceitaria perder, nem entregaria o cargo para Lula sem espernear. Não faltou aviso de muitos.

Por Jaime Ribeiro, professor de Geografia

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas