26.4 C
Pedreiras
segunda-feira, abril 15, 2024

Escola do Campo no Maranhão busca prêmio em Sustentabilidade e Robótica

Escola do Campo Roseli Nunes, no MA, concorre por seu segundo prêmio em competição


Nos dias 04 e 25 de fevereiro estudantes do segundo ano do ensino médio integrado ao curso de técnico em agropecuária do Centro de Educação do Campo Roseli Nunes, localizada no assentamento Cigra, no município de Lagoa Grande estarão concorrendo do Torneio SESI de Robótica First Lego League Challenge (FLL).

O Centro de Educação do Campo Roseli Nunes foi inaugurado em 2017 e está localizado no assentamento CIGRA, município de Lagoa Grande do Maranhão. O centro é resultado da luta e dedicação dos trabalhadores que acreditam em uma educação emancipatória, através do regime da pedagogia da alternância, ancorado aos princípios formativos da pedagogia do MST, da Agroecologia e da Educação do Campo.

A escola é referência a nível estadual, pois sempre esteve à frente na nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB, o principal índice de avaliação da qualidade da educação básica no Brasil.

Sua primeira participação em eventos como esses aconteceu em 2022, quando a escola do campo participou com uma equipe de oito alunos da primeira feira de ciência, tecnologia e inovação, realizada pela Secretaria Estadual de Educação (SEDUC). Com 400 projetos concorrendo, o evento teve o objetivo de incentivar a pesquisa na área da sustentabilidade e robótica, a escola concorreu na área da sustentabilidade com o projeto “A Compostagem como Alternativa Agroecológica Sustentável”, onde alcançou o primeiro lugar. Como prêmio conquistaram um projetor, um notebook, dois mil reais e cada aluno recebeu um celular.

Foto: Centro de Educação do Campo Roseli Nunes

Depois da primeira feira de sustentabilidade e robótica, a escola do campo ganhou notoriedade e recebeu do governo uma mesa tecnológica com quatro tabletes grandes, quatro computadores de mesa, quarenta tabletes para serem usados em sala de aulas e uma torre de robótica, o que incentivou mais ainda o interesse dos estudantes pela área.

Para a Gestora Pedagógica da escola Maria Leomar Sousa, “a participação da escola do campo Roseli Nunes tem como objetivo mostra o campo como espaço de produção de conhecimento, de tecnologias, da democratização e de sustentabilidade, nossa base que é a educação do campo, a agroecologia, o trabalho como princípio educativo integrado com as competições de robótica fortalecem as ações de pesquisa que a escola já desenvolve com os estudantes”.

Antes da primeira feira, os estudantes já buscavam uma solução sustentável para resolver o problema da falta de energia da escola, situação presente na vida escolar e das comunidades, devido à falta de infraestrutura no fornecimento de energia na região.

Agora em 2023, a escola do campo foi classificada para concorrer na First Lego League Challenge (FLL) Torneio SESI de Robótica. O First Lego League Challenge (FLL) trabalha com a temática da sustentabilidade e energia limpa, onde as equipes terão que provar diante de uma banca de juízes que os robôs que programaram são capazes de executar bem a sua missão, que é uma alternativa inovadora para geração, armazenamento, distribuição e/ou consumo de energia.

Foto: Centro de Educação do Campo Roseli Nunes

Formado por 6 alunos do segundo ano do ensino médio e um mentor, o grupo é composto por estudantes dos municípios de Lagoa Grande, Marajá do Sena, Itaipava do Grajaú e do Arame, os estudantes terão a oportunidade de apresentar uma proposta de solução para o problema da escola e provar que é possível gerar energia elétrica por meio da produção do biogás para atender as demandas do Centro de Educação do Campo Roseli Nunes, em períodos de falta de energia elétrica.

Os estudantes desejam através da produção do biogás, um gás produzido pela decomposição de matéria orgânica, como resíduos de alimentos, esterco de animais e restos de plantas provar que o projeto é viável. Sendo o biogás composto principalmente de metano (CH4) e dióxido de carbono (CO2).

Com a classificação e o projeto, a escola do campo despertou o interesse do SESI que doou o KIT ROBÓTICA e disponibilizou um professor de robótica para formar os alunos e um mentor a partir do kit entregue, onde eles tiveram a oportunidade de aprender programação e robótica para poderem realizarem a tarefa proposta da competição.

Foto: Centro de Educação do Campo Roseli Nunes

O Torneio que tem 49 equipes em todas as modalidades, envolvendo cerca de 300 competidores das Escolas SESI Imperatriz, Bacabal e São Luís, além de estudantes da Paraíba, Tocantins e Piauí. Participam também escolas públicas de São Luís, Paço do Lumiar, Bacabal, Imperatriz, Rosário, Matinha, Santo Antônio dos Lopes, São José de Ribamar e a Escola do Campo de Lagoa Grande.

O SESI é operador oficial dos torneios de robótica da FIRST no Brasil, e o torneio ocorrerá em São Luís no período de 04 a 05 de fevereiro, no SESI Araçagy.

Por Elitiel Guedes/MST

*Editado por Fernanda Alcântara

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas