26.4 C
Pedreiras
segunda-feira, abril 15, 2024

Berço da cultura: Pedreiras de fora do VI Fórum Estadual de Cultura do Maranhão

Quem recebe a cultura de uma cidade é a população, mas quem a abraça é somente uma parte dela. Em Pedreiras, Maranhão, não é diferente. Diante da vasta diversidade artística que atravessou e ainda atravessa o município, popularmente intitulado ‘berço da cultura’, o desafio de preserva-la é ainda maior, uma função que recai, principalmente sobre poder público, responsável por diretrizes e ações à classe artística e por promover programas e eventos como incentivo à cultura.

A crise no setor cultural é uma das muitas inquietações dos fazedores de cultura, agora à espera de um nome para ocupar o cargo mais alto da secretaria e Fundação Pedreirense de Cultura e Turismo [FUP], que neste contexto, recebe a notícia de que, pela primeira vez, o município ficará de fora do Fórum Estadual de Cultura do Maranhão, evento que reúne municípios dos quatro cantos do estado para expandir ações culturais.

“O Fórum Estadual de Secretários e Dirigentes Municipais da Cultura tem como meta unificar as demandas dos municípios e, por meio delas, expandir as ações culturais da SECMA, para que cada vez mais municípios sejam abrangidos e assistidos pela secretaria”, informou assessoria do governo do Estado.

Antes da existência de um Fórum de Cultura Estadual, Pedreiras já realizava tal evento a fim de alinhar ações para o setor, segundo afirmou Álvaro Pachêco. O artista plástico, que atua na presidência do Conselho de Cultura de Pedreiras, foi um dos responsáveis por tentar inserir o município no VI Fórum Estadual de Cultura do Maranhão, que segundo ele, a secretária só teve uma semana para enviar a documentação.

“Foram feitos os trâmites legais, inclusive nossa secretária da FUP, fez isso, e estava faltando só a documentação do Secretário [de Cultura], na época Rafael Branco. Eu não sei por ‘causas d’águas maiores’ essa documentação não foi enviada. Estamos sem secretário e não tem quem responda por essa pasta, então está meio difícil”, disse em diálogo com o jornal O Pedreirense.

Outros municípios ficaram de fora do evento, inclusive São Luís, capital do estado, também por não enviar a documentação no tempo hábil. Entretanto, Álvaro Pacheco afirma que Pedreiras não poderia ter ficado de fora. “Aqui nós temos praticamente o berço da cultura. É a terra de João do Vale, do maranhense do século (XX) e a gente ficar de fora de um Fórum desse é difícil”, afirmou. A situação, segundo ele, é irreversível.

O Fórum está previsto para acontecer no dia 31 de maio deste ano, representando o biênio 2022-2024, em São Luís.

Acesse aqui a lista dos municípios que foram selecionados;

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
Mayrla Frazão
Mayrla Frazãohttps://www.opedreirense.com.br
Jornalista - Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão (UniFacema)
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas