28.5 C
Pedreiras
domingo, abril 14, 2024

Associação Pestalozzi de Pedreiras: fazer o bem ecoa

Duas gerações que conhecem de perto os impactos dos trabalhos desenvolvidos por entidades à semelhança da Pestalozzi de Pedreiras. Maria Dheime Cutrim Oliveira e as filhas, Ana Cláudia Cutrim Oliveira e Maria Luiza Cutrim Silva, são alunas associação. Com a história delas iniciamos uma série audiovisual especial em alusão à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, iniciada no dia 14, devendo se entender até o dia 21 de setembro.

“Esse movimento foi criado com o objetivo de conscientizar sobre a importância da inclusão da pessoa com deficiência na sociedade”, destaca Ana Selia Gomes, presidente a Associação Pestalozzi de Pedreiras, no Maranhão.

Nessa primeira parte (no vídeo abaixo) apresentamos uma pouco da história da Associação Pestalozzi de Pedreiras, tanto do ponto de vista institucional, como por meio da ótica de uma família atendida pela entidade. A série especial é fruto da parceria com outras instituições que trabalham e dialogam sobre a pessoa com deficiência, sendo elas: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Associação de Mães dos Especiais de Pedreiras (AME), Associação de Mães e Amigos do Autista (AMA), que integraram as narrativas dessa semana. Cabe salientar que esse projeto conta com a coprodução da Coordenação da Educação Especial de Pedreiras.

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
Joaquim Cantanhêde
Joaquim Cantanhêdehttp://www.opedreirense.com.br
Jornalista formado pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

1 COMENTÁRIO

  1. Bom dia! Maravilhosa reportagem sobre a Pestalozzi de Pedreiras-Ma.
    Quero parabenizar a linda história de fundação da Pestalozzi e dizer que essa construção é de grande emoção e reflexão a todos nós. Um exemplo de amor e solidariedade. Parabéns a equipe do Blog Joaquim Cantanhede e a Coordenação da Educação especial, na pessoa de Katiara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas