26.4 C
Pedreiras
segunda-feira, abril 15, 2024

Semana da Diversidade: muito além da ‘Parada Gay’

“Quanto mais souberem dos seus Direitos e como eles são garantidos, essas pessoas terão mais dignidade em suas vidas”


A Semana da Diversidade aconteceu entre 11 e 17 de setembro. Desta vez com o desafio de colocar sob o sol, pautas relevantes para a comunidade LGBTQIA+ de Pedreiras, Maranhão. Os organizadores destacam que é necessário ampliar o debate, dialogar sobre questões que os impactam diretamente e que a luta não pode ser resumida no que popularmente ficou conhecida como “Parada Gay”.

Dias antes, em entrevista ao jornal O Pedreirense, Tiago Soares, um dos organizadores, ressaltou: “A população LGBT de Pedreiras é grande demais. Nessa região todinha, tanto na zona urbana, quanto na rural, mas só falta se organizar. Ainda somos uma classe muito desunida”.

Na quadra do Ginásio de Esportes cada um escolheu um lado. A bandeira, símbolo do movimento, no centro, dava o recado: dois lados e uma só luta. Ao adentrarem o espaço traziam a bandeira do município, que ainda precisa reconhecê-los, percebê-los tal cada um se percebe. Com a presença de Ray Costa, secretária de esportes, a Semana da Diversidade teve início com uma frenética disputa, que marcou o Campeonato de Queimando, com direito a troféu e medalhas.


Fotos: Joaquim Cantanhêde

Entre os dias 14 e 15 de setembro, o Grupo Diversidade promoveu o I Fórum de Direitos Humanos sobre ‘diversidade de gênero’, que reuniu simpatizantes e membros da comunidade LGBTQIA+ de Pedreiras. O evento, aberto ao público, aconteceu no auditório Zé Caxangá, no Parque João do Vale, e contou com a contribuição dos palestrantes Betinho Lima, coordenador estadual da política LGBT dentro da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, e da Juíza Dra. Elaine Carvalho, coordenadora do Comitê da Diversidade do Tribunal de Justiça, ambos palestrantes do dia 15.

Durante a abertura, mediada pelo comunicador Joaquim Filho, os convidados palestrantes ressaltaram a importância de re(unir) a comunidade LGBTQIA+ e apresentar seus Direitos de forma consciente e ativa.

“A gente já faz esse trabalho em torno dos municípios em São Luís. Hoje temos uma média de 58 municípios que temos andado disseminando essas informações, empoderando o segmento LGBT, principalmente, sobre os seus direitos”, ressalta o palestrante Betinho Lima, sobre a importância do I Fórum de Direitos da comunidade em Pedreiras. “Essa é uma oportunidade ímpar que surgiu e eu espero que daqui surjam vários frutos para que a gente possa trazer esse empoderamento pra população LGBT de Pedreiras, pois é muito importante”, pontuou Betinho.

Representando o Comitê da Diversidade do Tribunal de Justiça, a Juíza Dra. Elaine Carvalho falou à fundo sobre os Direitos voltados para a comunidade LGBTQIA+ e fez um importante histórico voltados a esses Direitos e sua efetividade no Brasil e no mundo. Em entrevista ao jornal O Pedreirense ela ressalta: “se tivermos maior conhecimento sobre esses Direitos, é melhor, principalmente uma comunidade que ainda sofre bastante preconceito, discriminação, ainda tem muitas pessoas vivendo em situações vulneráveis, quanto mais souberem dos seus Direitos e como eles são garantidos, essas pessoas terão mais dignidade em suas vidas”, finalizou.


Fotos: Mayrla Frazão

O Parque João do Vale, também acolheu, na sexta-feira (16), a ação social ‘Quem ama se cuida’, voltada ao público LGBTQIA+ e realizada em parceria com a Secretaria de Saúde. Contando com a participação de profissionais da enfermagem, psicologia, nutrição, medicina e fisioterapia.

Já no dia (17) seguinte, parte da comunidade LGBTQIA+ de Pedreiras ocupou às principais avenidas da cidade, em uma caminhada que também contou com a participação de simpatizantes do movimento. A passagem do minitrioeletrico foi acompanhada por centenas de pessoas nas calçadas e praças, alguns com olhares de amor e outros de repulsa. A mensagem da diversidade ‘cortou’ a cidade, em uma noite de sábado colorida, dançante e com direito a beijo na boca. Ao som de Rony Alberto, o público foi então recebido na Praça Corrêa de Araújo.


Fotos: Mayrla Frazão/Joaquim Cantanhêde

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas