34.7 C
Pedreiras
sábado, novembro 27, 2021

Segurança Pública: dever de todos nós

Se tem algo que me martiriza intimamente é lembrar ter financiado o crime organizado e o tráfico com meu suado dinheiro por anos e anos durante minha Dependência Química ativa. Pois o dinheiro do usuário de drogas enriquece esses bandidos sanguinários financeira e belicamente.

Pedreiras hoje passa por uma situação preocupante quanto a segurança pública de nossa gente. E o agravante é a recente instalação do crime organizado em nossa cidade representado por suas duas principais facções e suas disputas por território pelo controle dos pontos de venda de drogas.
E aumenta a violência a cada dia com assaltos, roubos, furtos, homicídios e outros delitos mais. É o metiê do crime. Isso ocorre para os usuários manterem o vício e para o crime manter sua estrutura logística.

Porém, não podemos cobrar apenas das autoridades policiais ou culpá-las por essa escalada crescente da criminalidade em nossa sociedade. É a realidade social do país. As polícias não estão omissas e vemos patente sua combatividade. Mas é necessário mais!

Cada cidadão também é responsável pela segurança pública, como as autoridades e lideranças políticas, demais entes sociais como órgãos sindicais, empresariado, ONG’s, movimentos sociais, igrejas, sociedade em geral.

E da forma que a coisa está, temos que urgentemente reunirmos as sociedades pedreirense e trizidelense numa grande Audiência Pública envolvendo todo o corpo da sociedade, discutir-se causas, consequências, combate e prevenção da violência e colocar-se em ação, de mãos dadas, sociedade, instituições, organizações sociais e polícias um plano ativo polivalente preventivo, ostensivo e combativo à violência para que nos traga mais paz social.

Temos que debater denúncias anônimas e segurança para o denunciante, funcionamento de bares e festas, enfrentamento à venda e consumo de drogas, parceria empresarial e social com as polícias, monitoramento por vídeo, guaritas nas entradas e saídas da cidade, projetos e políticas públicas de inclusão social, tratamento de dependentes químicos e tantos outros assuntos pertinentes ao tema.
Só assim venceremos a violência juntos e poderemos viver dias mais felizes.
No momento da crise, a ação correta é a união e jamais a crítica de oposição!

Com a palavra os Chefes dos Legislativos de Pedreiras e Trizidela do Vale. Nada melhor do que a Casa do Povo, a Câmara Municipal, para sediar e protagonizar tão grande ato de relevância pública e social.

Por Allan Roberto Costa Silva, médico e escritor

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

1 COMENTÁRIO

  1. Concordo com o texto, o maior problema q vemos é realmente a falta de reação por parte da maioria, precisamos buscar alternativas diariamente para conter a violência, pois eles diariamente estudam novas formas de cometerem crimes.
    Sonhar com resultados diferentes fazendo sempre igual é uma tolice, o crime (e o criminoso) mudam diariamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas