25 C
Pedreiras
sábado, julho 20, 2024

Prefeitura de Pedreiras confirma apoio a II Semana Cultural Samuel Barrêto

“Incentivar esse tipo de evento é valorizar a história da cidade que é um berço de artistas”, diz gestora


A prefeita de Pedreiras, Vanessa Maia, recebeu na manhã desta quarta-feira (14), a Comissão Organizadora da “II Semana Cultural Samuel Barrêto”.

A chefe do Executivo prefeita garantiu toda infraestrutura do local onde será realizado o evento, como operação tapa-buraco e iluminação do Anfiteatro Dom Jacinto Brito, o que também contribui para a segurança no local.

O evento que acontecerá de 07 a 09 de outubro, no Anfiteatro Dom Jacinto Brito, visa resgatar a cultura local, fortalecendo e valorizando os artistas da terra.

A Semana Cultural Samuel Barreto, segundo a filha do poeta falecido em 13 de julho de 2020, além de ser um marco artístico que tem uma raiz voltada para a arte, cultura, música, poesia, tem como principal objetivo, manter viva a memória do Poeta Samuel Barrêto, dando continuidade a sua obra e legado cultural e fortalecer a posição de Pedreiras como Capital da Cultura em nível nacional.

“Nós temos inúmeros talentos conhecidos e desconhecidos também. Incentivar esse tipo de evento é valorizar a história da cidade que é um berço de artistas. Nós precisamos que não só o Maranhão, mas o Brasil torne a voltar os olhos para o nosso município, para que as pessoas possam conhecer a grandiosidade da nossa cultura”, diz Raquel Barreto.

Ainda para Raquel, a Semana Cultural Samuel Barreto é a extensão de tudo que Samuel pensava.

“Era isso que ele queria. Onde ele estava fazia questão de dizer que era de Pedreiras. O orgulho de ser pedreirense transbordava na fala e na escrita e é isso que nós queremos continuar fazendo”, diz.

Raquel faz questão de ressaltar a sensibilidade da prefeita Vanessa Maia com a cultura que, segundo ela, trata com responsabilidade, ética, respeito à liberdade e ao mesmo tempo dando condições para que a ação aconteça, entendendo a importância da cultura para o crescimento do município.

Para a prefeita, a Semana Samuel Barreto está dentro do que pensa a gestão para o fortalecimento da cultura de Pedreiras. “Nós precisamos que nossas crianças conheçam os artistas locais e saibam como eles constribuíram e contribuem para a construção da história do município através da arte. Pedreiras, que é um berço de artistas conhecidos nacionalmente, precisa ser reconhecido pelo seu tamanho na cultura”, destaca Vanessa.

Estiveram presentes no encontro, Ester Barrêto, Sara Barrêto, Raira Barrêto, Valéria Leite e Francinete Braga.

Quem foi Samuel Barrêto?

Samuel Barrêto nasceu em 1968 em Pedreiras, bairro Trizidela do Vale, hoje cidade emancipada. Formou-se em Letras pela FAESF e em História pela UEMA. Fez pós graduação em Letras pela Faculdade Latino Americana de Educação – FLATED e estava cursando a fase final do Mestrado, dando início ao Doutorado na Universidaded Politécnica Y Artisitca Del Paraguay.

Em sua vida profissional, Samuel percorreu vários caminhos. Foi professor na UEMA , na Rede Estadual de Ensino Prisional e na Faculdade de Educação Adelaide Franco – FEMAF, radialista – cronista esportivo – escritor- poeta, compositor, servidor público, fundador da Apoesp- Associação dos Poetas dos Escritores de Pedreiras, ativista do Comitê de Bacias, membro Fundador da APL (Academia Pedreirense de Letras), membro da Academia Poética Brasileira -APB e da Academia Piauiense de Letras – ACAPP.

Samuel foi um grande incentivador de projetos Culturais. Um dos últimos, Poesia na Escola. Dos seus livros lançados destaca-se o vencedor do Prêmio Gonçalves Dias, o Livro de Crônicas Rua da Golada e a sua Identidade .

Por Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Pedreiras

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas