26.4 C
Pedreiras
segunda-feira, abril 15, 2024

Pandemia X Política: estamos do lado da vida?

Sou médico com especialização em Medicina Interna/Clínica Médica, Medicina Intensiva (UTI) e Urgências Emergências. Desde março de 2020 estou trabalhando quase que exclusivamente na linha de frente de combate a COVID-19.

Leio quase que diariamente em sites científicos confiáveis as atualizações científicas diárias sobre essa pandemia; artigos científicos, estes oriundos de vários países; a saber: Coreia do Sul, Japão, França, Espanha, EUA, Rússia e China, que são os mais evoluídos nas pesquisas.

Ja vi muita coisa no comportamento clínico dessa doença que foge completamente à realidade da ciência médica que aprendemos nas faculdades e nas especializações. Porém, nessa segunda onda da pandemia, em que estamos lidando com essa denominada variante viral brasileira P1, a realidade é assustadora e me choca, apesar dos meus 26 anos de atividade profissional. 

Me assusta o poder de devastação desse vírus, a rapidez de progressão da doença para a gravidade e morte, o sofrimento e o desespero dos pacientes e de seus familiares e me impressiona tristemente constatar que o COVID-19 não está matando apenas pela sua agressão físico-orgânica: está provocando muitos suicídios. Só neste último final de semana foram registrados 23 suicídios relacionados diretamente ao COVID-19 (no Brasil).  Inclusive de um ex-prefeito maranhense.

Estamos lutando com um inimigo sub-reptício, silencioso, traiçoeiro, poderoso e mortal. E se fosse oportunizado à sociedade conhecer de perto a realidade dos hospitais hoje, nossa gente estaria tendo outro comportamento.

Sendo assim, solicito que reflitamos, nós que tivemos a graça divina da oportunidade de obter conhecimento e intelectualidade, como também, e principalmente, de conhecermos a essência da mensagem de Cristo: o AMOR, em reconhecer que nesse momento o nosso único e maior inimigo é o COVID-19, é essa PANDEMIA. E nos abstamos de, nas redes sociais e nas nossas relações interpessoais e sociais, ficar estimulando a continuidade da divisão deste país entre esquerdistas e direitistas, entre bolsonaristas e lulapetistas; em ficar discutindo se o STF presta ou não, se Lula é culpado ou inocente ou se Bolsonaro é aloprado ou mito.

NOSSO INIMIGO NO MOMENTO NÃO É POLÍTICO OU IDEOLÓGICO! É biológico, patológico e espiritual. E mata da esquerda à direita, do petista ao bolsomito e não escolhe lado político.

Portanto, o momento é de evangelizar e pregar o amor. O momento é de UNIÃO de todos os brasileiros, independente da fé religiosa, do pensamento ideológico, político e de classe social contra o nosso único e maior inimigo do momento, que está dizimando e oprimindo a nossa gente.

Que possamos refletir nessa ideia e sermos grandes o suficiente de abandonarmos nossas paixões menores e abraçarmos o compromisso maior de todo cristão: A DEFESA DA VIDA!

Allan Roberto Costa Silva, médico e escritor

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas