Warning: Error while sending QUERY packet. PID=8564 in /home/opedreirensecom/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 2056
"Entre os secretários, ninguém concorda com o Carnaval", diz Carlos Lula - O Pedreirense
28.9 C
Pedreiras
sábado, novembro 27, 2021

“Entre os secretários, ninguém concorda com o Carnaval”, diz Carlos Lula

Com o avançar da vacinação, indiscutivelmente vivenciamos um cenário menos dramático quanto o vivido recentemente em decorrência da pandemia do coronavírus. Se o cenário é animador para os amantes do carnaval, para a Diretora-geral Assistente da Organização Mundial da Saúde (OMS) para Acesso a Medicamentos, Mariângela Simão, não. “Me preocupa bastante quando vejo no Brasil que tem discussão sobre a abertura do carnaval. Isso é realmente uma condição extremamente propícia para aumento da transmissão comunitária. Precisamos planejar já as ações para 2022”, diz ela, alertando para uma quarta onda de casos da Covid-19.

“Entre os secretários, ninguém concorda com o Carnaval”, diz Carlos Lula, Secretário de Estado da Saúde – Maranhão e coordenador do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), em publicação vinculada pelo jornal O Tempo e O Povo. Há a preocupação de que o ambiente carnavalesco, feito por aglomerações, gere novas ondas de contaminações.

No Maranhão nada há nada confirmado sobre o cancelamento de uma das festas mais populares do mundo. Em São Paulo, 58 cidades já cancelaram eventos, incluindo o carnaval. Outras cidades, incluindo capitais, devem decidir com base na evolução epidemiológica.


Décimo terceiro aprovado em 2° turno: apenas Katyane Leite e Jotinha Oliveira votaram contra

Câmara de Vereadores de Pedreiras, Maranhão, em janeiro de 2021 (Foto: Joaquim Cantanhêde)

Vivendo uma realidade paralela e sem qualquer constrangimento, a Câmara de Vereadores aprovou, em 2° turno, Projeto de Lei n° 019/2021, que no popular, garante aos vereadores recebimento de 13° subsídio, o vulgo salário. Apenas Katiane Leite e Jotinha Oliveira votaram contra. Não há ilegalidade, no entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), mas quem acompanha os desdobramentos que ocorrem na ‘casa do povo’ de Pedreiras, manifesta insatisfação diante da realidade de boa parte dos pedreirenses, cujo a renda mensal anda longe dos R$ 6.000,00 recebidos por cada parlamentar.  

“O projeto foi aprovado e, independentemente do meu voto, será creditado para os 13 parlamentares. A minha ideia é destiná-lo para algumas instituições filantrópicas que realizam trabalhos sociais em Pedreiras”, disse Katyane Leite.


Bairro Maria Rita: fica pra mais tarde

Uma obra há anos esperada pelos moradores do bairro Maria Rita, em Pedreiras, Maranhão, é a chegada do tão sonhado asfalto, que no mês de outubro fora anunciado pela atual gestão, através da abertura da licitação que contrataria uma empresa especializada nos serviços necessários para drenar, pavimentar e sinalizar o bairro. Entretanto, no dia 19 de novembro, a prefeitura, através da CPL tornou púbica o cancelamento da obra.

Detalhes na reportagem:


Sancionada Lei Mari Ferrer que proíbe constrangimento a vítimas de abusos sexuais

Fachada do Palácio do Planalto — Foto: Beto Barata/PR

Sancionada Lei Mari Ferrer que proíbe constrangimento a vítimas de abusos sexuaisFoi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta segunda-feira (22), o projeto de Lei Marina Ferrer, que proíbe que vítimas de crimes sexuais e testemunhas sejam constrangidas durante audiências e julgamentos.

O projeto, de autoria da deputada Lídice da Mata ( PSB-BA), fora criado após a audiência de Mariana, em novembro de 2020, contra André Aranha, acusado de tê-la estuprado. Na ocasião, o advogado de André desrespeitou e exibiu fotos fazendo afirmações constrangedoras contra a influenciador.

A sanção foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (23).


Bola da vez: Flávio Castro no comando do Macrorregional de Pedreiras

Dr. Flávio Castro (Arte: Joaquim Cantanhêde)

“Encaro com muito carinho e responsabilidade esse novo desafio, pois trata-se de saúde. Pudemos ver que nesse último ano, com a pandemia, a coisa mais importante para todos nós foi a saúde. Agora organizar para funcionar a nova estrutura do hospital, pois sai o Hospital de Campanha e entra o Hospital Macrorregional, funcionando o serviço de ortopedia, cirurgia geral, exames de imagem (tomografia, raio x digital, ultrassom), serviços cardiológicos e de nefrologia. Além de contar com 12 leitos de UTI e 50 leitos de enfermaria. Estou aqui para colaborar com meus serviços e poder ajudar a toda população de Pedreiras e região”, diz Dr. Flávio Castro, em diálogo com o Portal O Pedreirense.

O endodontista passa a ocupar o cargo de diretor do Hospital Macrorregional de Pedreiras, conforme anúncio feito pelo Secretário de Indústria e Comércio do Maranhão (Seinc), Simplício Araújo, na manhã desta segunda-feira (22).

Reprodução: Instagram

“Parabéns @flavio_castro85, novo Diretor do Hospital Regional Kleber Branco em Pedreiras, desejo boa sorte e uma profícua gestão”, disse o secretário, sobre a mudança, vista, por quem acompanha a política local, como essencialmente política. Outras devem ocorrer, inclusive no alto escalão municipal, tendo ainda, em seu quadro, indicações de Simplício, que durante churrasco, no dia 13 de novembro, se posicionou a favor da eleição de Carlos Lula, Secretário de Estado da Saúde, como deputado estadual.


Ivan Lima: demitido pela política que o colocou lá

Ivan Lima, enfermeiro (Foto: Joaquim Cantanhêde)

Talento, nem só disso vive funcionalismo público. Quem trabalha com o enfermeiro Ivan Lima garante que isso não lhe falta. Outros questionam certas posturas suas. Mas há um outro elemento que rege a coisa pública, a “política”, com aspas por se distanciar do sentido essencial do termo. Não basta ter talento, você precisa ser indicado.

Desde a instalação do Hospital de Campanha do Kleber Carvalho Branco, Ivan figurou com certa notabilidade, falando em nome dos profissionais de linha de frente da pandemia. Chegou ao posto de diretor da unidade estadual no auge dos afagos entre Fred Maia e Simplício Araújo. Antes fora coordenador de enfermagem do hospital de Trizidela do Vale. Em Pedreiras, desde o início da gestão de Vanessa Maia, atua nos bastidores da Secretaria de Saúde.

A competência que lhe é atribuída não foi mais forte que a política que lá o colocou. “Me despeço dessa equipe maravilhosa, na certeza que minha missão à frente desse desafio foi um sucesso. Vou levar todas as mensagens de carinho, reuniões, confraternizações no meu coração… Tudo isso me fez ser o profissional que eu sou hoje. Meu coração é só gratidão. Até breve minha equipe, espero encontrar vocês lutando bravamente por nossa causa”, diz nota publicada após sua demissão.


Decreto reduz valor do prato nos restaurantes populares do Maranhão

Restaurante Popular de Pedreiras, Maranhão (Foto: Joaquim Cantanhêde)

Um real. Esse será o valor das refeições nas unidades do Restaurantes Popular, incluindo a de Pedreiras, sob gestão do Governo do Estado, a partir de segunda-feira (22). “Editei agora Decreto reduzindo o valor do prato nos nossos 60 restaurantes populares, onde servimos 1 milhão de refeições por mês. Agora todos eles funcionarão com o preço de 1 real. Medida visa proteger as famílias diante da crise nacional”, publicou Flávio Dino, governador do Maranhão, em suas redes sociais, na quarta-feira (17).

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas