33.3 C
Pedreiras
quarta-feira, julho 17, 2024

Ministério da Saúde realiza auditoria em sede da SEMUS de Pedreiras

Atendimento pós-covid


A sede da Secretaria de Saúde de Pedreiras recebeu a visita de três auditores do Ministério da Saúde, na manhã desta terça-feira (07). No veículo que os transporta o destaque, “A serviço do Governo Federal, SEMS/MA”, sigla da Superintendência Estadual do Ministério da Saúde no Maranhão. O fato ocorre com a pasta negativamente em alta, decorrente das denúncias feitas pela imprensa e operações envolvendo a Controladoria Geral da União (CGU) e Polícia Federal.

Segundo fonte, o trabalho de auditoria focou informações contidas em papéis e nos sistemas, sobre os atendimentos pós-covid. No momento, não é possível dizer que tenha relação com a denúncia feita pela UOL, em novembro de 2022, na reportagem “Escândalo na Saúde: cidades com 0,14% de casos obtêm 93% da verba pós-covid”. Numa dinâmica semelhante ao caso das extrações dentárias, Pedreiras, com então 39,2 mil habitantes, segundo o IBGE, e 6.701 casos de covid registrados desde 2020, informou ter realizado “138.377 terapias de reabilitação de janeiro a agosto deste ano — o que daria quase 9 sessões para cada habitante e 21 para cada caso da doença registrado na cidade”.

Sede da Secretaria de Saúde de Pedreiras, Maranhão (Foto: Joaquim Cantanhêde)

O caso foi encaminhado ao Ministério Público Federal. “Recentemente a pasta instaurou auditoria para apurar possíveis irregularidades de inserção de dados em municípios do estado do Maranhão”, informou o Ministério da Saúde ainda em novembro.

“Não são 138 mil pessoas, são 138 mil atendimentos ao longo de seis meses. Ele dá uma média de 3.800 pessoas atendidas por mês. Cada paciente, em média, faz de cinco a sete atendimentos. Lembrando que a própria portaria do Ministério da Saúde, fala que podemos colocar até 20 atendimentos por especialidade. É uma gama multidisciplinar muito grande. Nós mostramos todas as fichas de atendimentos desses pacientes e como funciona esse processo de trabalho pós-covid”, contestou Ivan Lima, assessor especial da secretaria de Saúde de Pedreiras, na ocasião.

Nossa redação entrou em contato Arilene Bezerra Oliveira Leitão, secretária de Saúde, indagada sobre as razões que trouxeram os auditores à Pedreiras. “Na verdade, é uma auditoria de rotina do MS, normalmente fazem nos municípios”, explicou. Já Ivan Lima, também contatado disse que “são processos de trabalho conjunto com o Ministério da Saúde”.

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas