33.3 C
Pedreiras
quarta-feira, julho 17, 2024

Impeachar Bolsonaro: irresponsabilidade crassa!

Impeachment é uma palavra de língua inglesa que significa “impedimento” e, politicamente, destituição por decisão do Poder Legislativo de ocupante de cargo governamental acusado de praticar crimes de responsabilidade, isto é, contrários aos deveres constitucionais.

Na história do Brasil, cinco presidentes já foram submetidos a processos de impeachment. O primeiro foi Getúlio Vargas em 1945; o segundo Carlos Luz; depois foi Café Filho e por último Fernando Collor de Mello e Dilma Rousseff. Os três primeiros inocentados e os dois últimos tiveram seus mandatos cassados.

Em nossa legislação o rito do processo de impeachment está previsto na Lei Federal 1079/1950  e na Constituição Federal nos seus artigos 52, 85 e 86.

De algumas semanas para cá vem crescendo no país um movimento defendendo o impeachment do atual presidente Jair Messias Bolsonaro. Confesso que não votei no “Mito”, sou extremamente crítico a sua forma de exercer o poder, porém defender o impeachment do Presidente da República nesse momento é das piores irresponsabilidades e inconsequências jamais vistas nesse país.

É politicanalhice pura e simples! É golpe! É declaração de ódio ao Brasil! É querer o mal de nossa gente já tão sofrida!

Tenho formação esquerdista. E me manifestar desta forma não me faz bolsonarista. O faço por coerência e responsabilidade. Além de amor ao meu país e bem querer ao meu povo.

Chega de ódio! O momento é de união. A hora pede todos os esforços para combater a pandemia que está dizimando o nosso povo. E dar continuidade à agenda liberal para recuperar a economia da nação e marcharmos rumo ao desenvolvimento; como também realizar as imperativas reformas política e tributária, indispensáveis à governabilidade e ao crescimento econômico do Brasil. E isso só pode ser realizado sob o comando de Bolsonaro, pois foi ele quem o povo escolheu e somente ele tem liderança para tanto.

Diferente disso é desrespeitar as instituições, a vontade popular e o Estado Democrático de Direito.

Por Allan Roberto Costa Silva, médico, sócio-fundador da Academia Pedreirense de Letras- APL, membro da Associação de Poetas e Escritores de Pedreiras-APOESP, ex-Presidente da Câmara Municipal de Pedreiras.

Obs. A opinião expressa é de responsabilidade de seu autor, não devendo ser entendida como posicionamento deste portal. Havendo necessidade da manifestação de pensamento por parte do “O Pedreirense”, o faremos sempre por meio do “Editorial”.

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

1 COMENTÁRIO

  1. O contraditório é a coisa mais importante em uma democracia.
    Com base nisso, trago ao leitor de OPEDREIRENSE o comentário que fiz no postagem do FACEBOOK, com todo respeito a opinião de Dr. ALAN, mas dando minha opinião sobre a mesma matéria:

    Agenda liberal para recuperar a economia?

    O que já foi feito da agenda liberal para recuperar a economia;
    1. PEC DO TETO DOS GASTOS – Congelamento de 20 anos – um fracasso
    2. Reforma trabalhista – apenas prejudicou o trabalhador
    3. Reforma previdenciária- acabou com aposentadoria – somente do trabalhador
    4. Suspensão dos programas sociais – PNHR, PNHU, ciências sem fronteiras, bolsas de pesquisas científicas…
    5. Ajuda bilionários a bancos
    6. Uso das reservas internacionais para minimizar os sucessivos aumentos do dólar e fuga de dólares do Brasil.

    Próximos passos da agenda liberal:
    1. Entregar os CORREIOS, PETROBRAS, ELETROBRÁS, BB… ao capital internacional destruindo nossa soberania
    2. Internaciolização da Amazônia brasileira, que anda a passos largos
    3. Reforma tributária, para passa a carga tributária brasileira ao trabalhador – lema liberal: ou direito ou emprego
    2. Reforma administrativa – para garantir as mordomias dos primeiros escalões e escravizar os demais.
    3. Destruição do SUS, pesquisas científicas e ensino superior público.

    Até o momento, tudo que foi feito tem levado o Brasil de 6 economia do mundo para 13 (e não culpem a pandemia, que apenas acelerou o processo)

    A miséria e a fome tem aumentado, em níveis absurdo, desde o governo Temer

    Agenda liberal no Brasil é coisa para pessoas bilionários. Não vamos nos iludir

    E quanto ao BOLSONARO, não passa de um fascista GENOCIDA, pertubado mental, sem um mínimo de formação e inteligência, que está sendo usado por bilionários para controlar nas riquezas e economias, e como consolo lhe foi dado o direito de perseguir a DEMOCRACIA propagar o ódio por conta de preconceitos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas