21.2 C
Pedreiras
quinta-feira, julho 18, 2024

Enem: de porta para o futuro à porta de delegacia

Para boa parte dos estudantes brasileiros, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a única porta de acesso a tão sonhada educação superior. Nos últimos anos, contudo, o exame, também realizado em 2021, tem se destacado por uma série de denúncias que o transformam em caso de polícia. Com isso, o exame segue perdendo sua credibilidade, diante dos desmontes do governo federal e corrupção, que resultam em pedidos de demissão de dezenas de funcionários do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Uma operação, deflagrada nesta terça-feira (07), pela Polícia Federal (PF), “apura se houve superfaturamento de R$ 130 milhões em contratos firmados com gráficas que imprimiam provas do Enem. Segundo a investigação, as fraudes ocorreram entre 2010 e 2019”, explica o portal G1.

Segundo a PF, servidores do Inep favoreciam empresas gráficas em contratos na casa dos milhões (R$ 880 milhões desde 2010). A multinacional RR Donnelley (declarou falência em 2019) e a gráfica Valid são os alvos da operação.

De acordo com o G1: “A PF investiga crimes contra a lei de licitações, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Ao todo, são cumpridos 41 mandados de busca e apreensão no Distrito Federal, Rio de Janeiro e em São Paulo”.

Em nota a Valid diz o seguinte:

“A Valid informa que prestou o serviço de impressão da prova do Enem em caráter emergencial no ano de 2019, a pedido do Inep e seguindo todos os ritos legais pertinentes, em decorrência da empresa vencedora da licitação em 2016 [RR Donnelly] ter entrado com pedido de falência e deixado de cumprir suas obrigações contratuais com a prova do Enem.

A Valid, como participante deste certame e em virtude da desclassificação e/ou impossibilidade de prestação do serviço pelos vencedores deste certame, foi acionada pelo Inep para a prestação deste serviço nas mesmas condições contratuais do vencedor, conforme previsão na Lei 8666/93 – artigo 24, XI. O serviço da Valid na prova do Enem foi prestado apenas no ano de 2019.

A Valid informa que cumpre estritamente as leis e regulações aplicáveis e está totalmente à disposição para continuar colaborando com a apuração dos fatos pelas autoridades competentes”.

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
Joaquim Cantanhêde
Joaquim Cantanhêdehttp://www.opedreirense.com.br
Jornalista formado pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas