21.2 C
Pedreiras
quinta-feira, julho 18, 2024

Conheça Babi Paula: modelo caxiense, negra e plus size que desfila hoje no São Paulo Fashion Week

Viver fora dos ‘padrões de beleza’, não limitou a sua existência, muito menos o seu protagonismo. Aos 22 anos, Babi Paula, modelo negra e plus size, natural de Caxias, Maranhão, desfilará no maior evento de moda do país, o São Paulo Fashion Week (SPFW), levando a famosa marca ‘Meninos rei’, moda que evidencia a ancestralidade africana e veste corpos diversos. Assim, a estreia de Babi, vestindo a marca dos irmãos Céu e Junior Rocha, é simbólica e ela explica em um papo com a repórter Mayrla Frazão.

O início da carreira, os desafios e conquistas, o apoio da família e amigos e o tão (in) esperado convite para participar da 53° edição do SPFW, você confere agora em uma entrevista especial e exclusiva para jornal O Pedreirense. Confira:

OP: Como iniciou sua carreira no mundo da moda?

BP: Desde cedo o mundo da moda e dos clicks, me fascinou, meu primo Luiz Paula sempre brincava comigo, fazia ensaio fotográfico de mentirinha…. E essa esperança cresceu dentro de mim. Ao crescer, vi que não poderia ser modelo, pois não estava no padrão de beleza, fiquei triste, mas depois conheci uma modelo plus size chamada Flávia Lacerda, me apaixonei pelo seu trabalho e daí pra frente começou minha carreira. Procurei cursos, agências… sempre estudei muito.

OP: Durante esse período de trabalho e qualificação, o que foi mais desafiador pra ti e o que foi mais enriquecedor?

BP: É muito desafiador porque você trabalha com sua imagem, quando o trabalho não dá certo, às vezes quem não está preparado psicologicamente acaba levando pro pessoal e às vezes é você que não se encaixa no perfil do trabalho, todo o seu psicológico deve ser trabalhado quando se é modelo.

É muito bom quando a gente faz um trabalho e é reconhecido, principalmente porque os artistas são muito desvalorizados no nosso país e quando a gente é reconhecida isso acaba dando um gás na nossa carreira.

OP: Nesse processo, como sua família e amigos enxergam sua profissão? Quem te ‘abraça’?

BP: Toda minha família sempre me apoiou e meus amigos também.

OP: E como surgiu o convite da marca ‘Meninos rei’, para o SPFW?

BP: Através do Instagram, sempre acompanhei o trabalho deles, então conheci o estilista, mandei o meu material para ele no Instagram. Conversamos bastante e ele aprovou.

OP: Acreditar no nosso trabalho e potencial requer ousadia, confiança. A sua atitude de enviar seu material para o estilista diz muito. O que você tira de tudo isso? De onde vem essa confiança?

BP: Eu me jogo muito nas coisas e não tenho medo. Eu acho que o segredo da vida é isso, é sobre se arriscar então quando vi pra São Paulo pela primeira vez eu vim sozinha mesmo, na cara e na coragem para fazer um trabalho. Sempre venho fazer meus trabalhos só, não tenho medo, eu me jogo mesmo e a vida é sobre isso, é sobre se jogar é sobre errar é sobre aprender. Se você não tentar, se você não se arriscar, de que vale?

Babi Paula, modelo caxiense, negra e plus size (Foto: Studio Namba)

OP: O que a marca Meninos Rei representa pra você e qual expectativa para o desfile amanhã?

BP: A meninos rei representa quebra de padrões, representatividade e acolhimento aos que muitas vezes não tem voz na sociedade. Dá espaço e voz às minorias. Representa apoiá-las, e lutar em prol de transformação social.

Eu espero que seja um momento de muito prestígio, um momento da sociedade pensar e refletir sobre a importância de acolher corpos negros e gordos na moda também. Podemos estar onde quisermos. Esses espaços também são nossos.

OP: Aonde a Babi profissional, mulher negra, plus size, sonhadora, pretende/quer chegar?

BP: Eu não coloco metas, apenas vou vivendo. Só quero ocupar espaços que sempre disseram que não eram meus. Pra cada vez mais ser ocupado por pessoas reais, e menos padronizadas. Ocupando esses espaços ditos padrões, faz com que a sociedade se transforme.

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
Mayrla Frazão
Mayrla Frazãohttps://www.opedreirense.com.br
Jornalista - Centro Universitário de Ciências e Tecnologia do Maranhão (UniFacema)
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas