25 C
Pedreiras
sábado, julho 20, 2024

Cicinho, o colecionador

Cicinho, que no registro de nascimento responde por Alan Roldolfo Cantanhêde, cresceu no bairro da Boiada, entre o Alto São José e São Raimundo. A figura paterna que o referencia é Joaquim Bombom, de quem herda o ofício da sapataria. É da oficina que junta uns trocados para as viagens da igreja, quando sai para conhecer um pouco mais do mundo. Sua mãe viveu por muito tempo nele, distante dos filhos, construindo possibilidades de criá-los. Estabeleceu laços com o Rio de Janeiro. Quando se destabocava de lá para o Maranhão, chegava com um monte de brinquedos. A criançada da casa se esbaldava. As possibilidades do smarthphone eram coisas de louco quando Cicinho jogava petecas para derrubar os bonequinhos que ganhava.

Aos 34 anos os brinquedos continuam fazendo parte de sua vida, que não ficou mais fácil com o passar dos anos. Cicinho se tornou um colecionador de brinquedos de parque de diversão. Hoje, com internet em casa, ele usa a tecnologia para manter vivo afetos de um passado que lhe faz bem.

Assista:


O Pedreirense: colabore com o nosso trabalho via Pix (99) 982111633 – jornalismo que informa, notícias que importam.

- Publicidade -spot_img
Colabore com o nosso trabalho via Pix: (99) 982111633spot_img
Joaquim Cantanhêde
Joaquim Cantanhêdehttp://www.opedreirense.com.br
Jornalista formado pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
- Publicidade -spot_img

Recentes

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias relacionadas